Como agir em caso de intoxicação

4 minutos de leitura

O que é uma intoxicação?

Uma intoxicação corresponde a uma exposição indevida ou em quantidade suficiente, por ingestão, inalação, injeção, contacto da pele ou ocular, a uma substância ou produto que pode provocar alterações no organismo ou mesmo levar à morte.

Quais são as principais causas?

A intoxicação pode ser causada por:

  • medicamentos, se tomados em doses mais elevadas do que as indicadas pelo médico
  • cosméticos e produtos de higiene, geralmente de baixa toxicidade (tenha em atenção produtos como é o caso de tintas para o cabelo)
  • produtos de limpeza, especialmente lixívias, tira-gorduras e desentupidores de canos, sendo que alguns destes produtos podem causar queimaduras graves
  • pesticidas (cumpra as regras de segurança, por exemplo use vestuário de proteção, uma vez que alguns destes produtos são absorvidos através da pele)

O que devo fazer em caso de uma intoxicação?

Em caso de um acidente por intoxicação, mantenha a calma. Não se precipite, mas não perca tempo. Contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250.

Que informações devo dar aos profissionais de saúde?

Após o contacto telefónico, responda às perguntas, indicando:

  • quem – idade, sexo
  • o quê – nome do medicamento ou produto (se possível tenha a embalagem consigo), animal, planta
  • quanto – quantidade ingerida (aproximadamente) ou tempo de exposição ao produto
  • quando – há quanto tempo
  • onde – em casa, na rua, no local de trabalho
  • como – em jejum, com alimentos, com bebidas alcoólicas

Como devo agir quando um produto tóxico entra em contacto com os olhos?

Se um produto tóxico entra em contacto com os olhos:

  • lave com água corrente durante 15 minutos, mantendo as pálpebras abertas
  • não aplique quaisquer produtos
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

O que devo fazer quando um produto tóxico entra em contacto com a pele?

Quando um produto entra em contacto com a pele:

  • retire as roupas contaminadas
  • lave abundantemente com água corrente durante 15 minutos
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

Como devo proceder em caso de inalação?

Em caso de inalação de um produto:

  • retire a pessoa fora do ambiente contaminado, de preferência para o ar livre
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

Como devo agir em caso de ingestão de um produto tóxico?

Em caso de ingestão de um produto tóxico:

  • não provoque o vómito
  • dê a beber alguns golos de água ou leite
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

O que devo fazer em caso de picadas de insetos?

Em caso de uma picada de abelha, vespa, lacrau ou cobra:

  • imobilize a zona atingida
  • aplique frio/gelo
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

O que devo fazer em caso de picadas de peixe aranha?

Em caso de uma picada de peixe-aranha:

  • imobilize a zona atingida
  • aplique calor
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

Para evitar picadas de peixe-aranha use calçado apropriado, sobretudo nas praias em que souber da sua existência.

O que devo fazer em caso de contacto com alforrecas?

Poderá desenvolver uma reação alérgica no local de contacto, cuja gravidade depende da intensidade da exposição e da sensibilidade individual.
Em caso de contacto com uma alforreca:

  • lave com água do mar sem esfregar (nunca use água doce, vinagre ou álcool)
  • aplique frio/gelo
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

Pode tentar remover os tentáculos com a ajuda de um cartão de plástico (por exemplo, cartão multibanco ou carta de condução). Não utilize pinças. Não coloque ligaduras.

Nunca toque nos tentáculos. Mesmo quando mortas, as células urticantes mantêm-se ativas. Evite tomar banho em locais com alforrecas.

Como devo agir se o conteúdo de uma cápsula de detergente atinge as mãos ou a boca de uma criança?

Quando uma cápsula de detergente rebenta nas mãos ou na boca de uma criança, pode atingir os olhos, a cavidade oral e a pele, provocando lesões nestes órgãos.
As lesões resultam, consoante o órgão atingido, do contacto direto com o produto:

  • na pele: eritema (pele vermelha, irritada)
  • nos olhos: ardor, olho vermelho, edema (inchaço) nas pálpebras ou mesmo uma queimadura química
  • na boca: vómitos, alterações na orofaringe (garganta), ou alterações respiratórias por aspiração do produto

Em caso de acidente com este tipo de produto:

  • lave abundantemente com água corrente
  • no caso de contacto por via ocular (olhos) a lavagem deve ser feita, também com água corrente, durante 10 a 15 minutos, afastando as pálpebras
  • contacte a Linha do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250

Fonte: Centro de Informação Antivenenos (CIAV)

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não