Ir para o conteúdo
Logótipo do Serviço Nacional de Saúde 24
|
Paragem cardiorrespiratória

O que é uma paragem cardiorrespiratória?

A paragem cardiorrespiratória (PCR) é um acontecimento repentino e consiste na interrupção ou falência súbita das funções cardíaca e respiratória. Em consequência a pessoa:

  • fica inconsciente
  • não responde
  • não respira ou não respira normalmente

Quais são as causas de uma paragem cardiorrespiratória?

As causas de uma paragem cardiorrespiratória podem ser diversas, mas as mais frequentes relacionam-se com o coração, por exemplo:

  • alterações graves do ritmo cardíaco
  • enfarte agudo do miocárdio, também conhecido por ataque cardíaco

Mas existem outras:

  • engasgamento ou obstrução da via aérea por corpo estranho
  • afogamento

O que devo fazer a uma vítima de paragem cardiorrespiratória?

Perante uma vítima de paragem cardiorrespiratória deve:

  • ligar de imediato 112 para pedir ajuda
  • iniciar manobras de Suporte Básico de Vida
    • caso existam dois reanimadores, enquanto um liga 112 e pede ajuda, o outro deve de imediato iniciar as manobras de Suporte Básico de Vida
  • se tiver acesso a um desfibrilhador automático externo, pode utilizá-lo em segurança

O Suporte Básico de Vida consiste em duas ações: compressões torácicas (massagem cardíaca) para fazer o sangue circular e ventilações para dar oxigénio aos pulmões.

Como fazer Suporte Básico de Vida?

O Suporte Básico de Vida (SBV) inclui os seguintes passos:

  • deite a vítima de costas sobre uma superfície rígida (por exemplo, chão)
  • coloque as suas mãos sobrepostas com os dedos entrelaçados no meio do peito da vítima
  • com os braços esticados e perpendiculares ao corpo da vítima, pressione o peito e alivie: repita 30 vezes este movimento de compressão e descompressão
  • ao fim das 30 compressões, efetue duas ventilações através da boca da vítima: encha os pulmões de ar e expire para a boca da vítima, tapando-lhe o nariz com os seus dedos e isolando com os seus lábios os da vítima, para que não exista fuga do ar. Nos casos em que não seja possível fazer ventilações, faça apenas as compressões
  • após ventilar, retome as compressões e siga sempre a sequência de 30 compressões torácicas com 2 ventilações. Mantenha as manobras até à chegada de ajuda ou a vítima recuperar

O que é o enfarte agudo do miocárdio?

O Enfarte Agudo do Miocárdio (EAM), também conhecido por ataque cardíaco, ocorre devido a uma interrupção da circulação sanguínea numa região do coração. Pode ser um acontecimento súbito ou ser antecedido de sintomas de alerta e de agravamento progressivo.

Quais são os sintomas do enfarte agudo do miocárdio?

Os principais sintomas do enfarte agudo do miocárdio são:

  • dor persistente no peito, muitas vezes ocorrendo como uma sensação de aperto/pressão/esmagamento do peito que pode estender-se para os braços, pescoço, queixo ou costas
  • mal-estar geral
  • sensação de falta ar ou dificuldade em respirar
  • náuseas ou vómitos
  • pele pálida, acinzentada, pegajosa ou suada

O que fazer a uma vítima de enfarte agudo do miocárdio?

Se presenciar alguém com sintomas de enfarte agudo do miocárdio, ligue de imediato o 112, uma vez que se trata de uma emergência médica e precisa de uma intervenção rápida.

O que é um engasgamento?

O engasgamento, ou obstrução da via aérea por corpo estranho (OVACE), consiste na existência de objeto(s) ou alimento(s) na via aérea (boca, orofaringe, laringe, traqueia ou brônquios) que dificulta ou impede a respiração.

Como posso identificar uma vítima de engasgamento?

Esta situação pode ser facilmente identificada quando a vítima tenta tossir para tentar expelir o corpo estranho, muitas vezes colocando a mão à volta do pescoço enquanto tosse.

Se a obstrução não for resolvida, a vítima pode ficar inconsciente.

O que devo fazer caso a vítima de engasgamento esteja consciente?

O objetivo é que a vítima possa expelir o corpo estranho para resolver a obstrução.

Se a vítima estiver consciente:

  • peça ajuda
  • se a vítima conseguir tossir (tosse eficaz), incentive-a verbalmente a tossir

não interfira nas tentativas da vítima para expelir o corpo estranho, mas permaneça ao lado dela e monitorize a sua situação

  • se resolver, avalie a necessidade de recorrer a um serviço de saúde
  • se não resolver, ligue 112
  • se a vítima não conseguir tossir, ligue 112 e realize manobras de desobstrução como pancadas nas costas ou compressões abdominais

intercale cinco pancadas nas costas com até cinco compressões abdominais até a situação se resolver ou a vítima ficar inconsciente

Como devo realizar a manobra de pancada nas costas?

Para realizar a manobra de pancada nas costas:

  1. coloque-se ao lado e por detrás da vítima
  2. passe um braço por baixo da axila da vítima e suporte-a a nível do tórax com uma mão, mantendo-a inclinada para a frente, numa posição tal que se algum objeto for deslocado com as pancadas possa sair livremente pela boca
  3. aplique até 5 pancadas com a base da outra mão, na parte superior das costas, entre as omoplatas

Como devo realizar a manobra de compressão abdominal?

Para realizar a manobra de compressão abdominal (manobra de Heimlich):

  1. coloque-se por trás da vítima e circunde o abdómen da vítima com os seus braços
  2. feche o punho de uma mão e posicione-o acima do umbigo, com o polegar voltado contra o abdómen da vítima
  3. sobreponha a segunda mão por cima da outra e aplique uma compressão rápida para dentro e para cima
  4. repita até cinco vezes este processo

Que cuidados devo ter com a vítima após as manobras de desobstrução?

Qualquer vítima que tenha sido sujeita a este tipo de manobras, deve ser encaminhada ao hospital para prevenir algum tipo de lesão associada.

Se a vítima ficar inconsciente, como devo agir?

Se a vítima ficar inconsciente, deve:

  • colocá-la com cuidado no chão ou superfície rígida
  • ligar de imediato o 112
  • iniciar o Suporte Básico de Vida, realizando compressões torácicas contínuas

O que é um afogamento?

Quando ocorre entrada de um meio líquido, habitualmente água, para a via aérea que impede a respiração, diz-se que temos um afogamento. Pode ocorrer por submersão (se a pessoa ficar completamente debaixo do líquido) ou por imersão (se apenas parte do corpo, incluindo a via aérea, estiver em contato com o líquido).

O que fazer em caso de afogamento?

Se a vítima estiver perante um episódio de afogamento, deve:

Com a vítima ainda dentro de água, se consciente:

  • atirar algum objeto flutuante para junto da vítima de modo que possa agarrar-se e ficar à superfície da água
  • ligar o 112 e pedir ajuda

Com vítima ainda dentro de água, se inconsciente:

  • ligar o 112

Com a vítima fora de água, se consciente:

  • falar com a vítima e procurar lesões
  • ligar o 112

Com a vítima fora de água, se inconsciente:

  • ligar o 112, ou se houver um segundo reanimador disponível, peça-lhe que ligue para o 112
  • 5 insuflações/ventilações
  • de seguida, inicie Suporte Básico de Vida com 30 compressões torácicas seguidas de 2 insuflações/ventilações

 

Fonte: Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC)

Guardar:
Esta informação foi útil?
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Assuntos relacionados