Apendicite

3 minutos de leitura

O que é a apendicite?

A apendicite é a inflamação, a maior parte das vezes associada a infeção, de uma parte do intestino conhecida como apêndice, que se localiza na parte inferior direita do abdómen.

O que é o apêndice?

O apêndice é uma pequena estrutura, com o comprimento de um dedo, situado na primeira porção do intestino grosso (o cego) no lado direito do abdómen. Não tem nenhuma função essencial no funcionamento do organismo, porém a sua inflamação pode causar problemas à saúde, senão tratada com urgência.

Quais os sintomas da apendicite?

Os sintomas mais comuns da apendicite são:

  • dor com início, habitualmente, na parte média do abdómen, mal definida, que com o tempo, evolui para dor intensa e localizada no quadrante inferior direito do abdómen
  • náuseas e vómitos
  • perda de apetite
  • obstipação ou diarreia
  • febre, nos casos mais evoluídos

Qual a diferença entre apendicite aguda e crónica?

Apesar de a apendicite aguda e crónica se caracterizarem pela inflamação do apêndice, são duas situações diferentes. A apendicite crónica é menos frequente, tem um ritmo de progressão lento e os sintomas são mais ligeiros. Já a apendicite aguda é muito comum, tem um ritmo de progressão rápido e os sintomas são muito intensos.

A apendicite aguda é grave?

Sim. A apendicite aguda é uma doença potencialmente grave e requer a realização de uma cirurgia para remover o apêndice (apendicectomia). Se não for realizada atempadamente, a inflamação do apêndice pode associar-se a diversas complicações, como a perfuração, dando origem a uma peritonite ou mesmo a uma infeção generalizada (septicémia).

Como se diagnostica a apendicite?

O diagnóstico da apendicite é essencialmente clínico, ou seja, os sintomas são habitualmente suficientes para um diagnóstico correto.
Porém, um diagnóstico concreto exige um exame médico, análises ao sangue e à urina, uma ecografia ou uma Tomografia Computorizada (TC). Quer as análises quer os métodos de diagnóstico por imagem permitem confirmar a inflamação do apêndice.
Para além disso, a realização dos exames é importante para se fazer um diagnóstico diferencial com outras doenças que podem apresentar sintomas semelhantes.

Qual a causa da apendicite?

A causa mais frequente de apendicite é a obstrução do apêndice que produz um crescimento bacteriano anormal e que desencadeia o processo inflamatório da apendicite. A obstrução pode estar associada a uma doença inflamatória intestinal, infeções, tuberculose, parasitas, corpos estranhos (sementes, pevides, etc.), neoplasias ou formação/acumulação de material fecal.

Com que idade surge a apendicite?

A apendicite é uma ocorrência muito comum, que tem um pico de incidência nas idades mais jovens, mas que pode surgir em qualquer altura da vida.

Qual é o tratamento da apendicite?

O tratamento da apendicite é realizado através de cirurgia na qual o apêndice é removido – apendicectomia.

A cirurgia é o único tratamento que existe?

A cirurgia é o principal tratamento da apendicite porque resolve de uma forma definitiva o processo de infeção aguda. Atualmente a cirurgia é realizada, a maior parte das vezes, através da técnica de laparoscopia, uma técnica cirúrgica minimamente invasiva, que permite uma mais rápida recuperação.
O tratamento pode ainda passar pela toma de antibióticos quando, e se, a infeção estiver acompanhada de abcesso, que se prolongarão no tempo dependendo da evolução da infeção.

A apendicite é diferente no adulto e na criança?

A apendicite não é muito frequente em crianças mais pequenas, mas quando se verifica, os sintomas e o tratamento são os mesmos.

Fonte: Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia 

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não