Desconfinamento para espaços de lazer e desporto

4 minutos de leitura

Porque devem estes espaços ter regras de prevenção?

Os espaços onde decorre prática de atividade física podem ser locais de transmissão da infeção quer por contacto direto e/ou indireto, devido à aglomeração de pessoas e ao permanente contacto com superfícies. Por isso, devem ser tomadas medidas adicionais para assegurar a minimização da transmissão da COVID-19.

Quais são as medidas gerais para estes espaços?

Os espaços onde decorre atividade física devem assegurar que todas as pessoas que nele trabalham e o frequentam estão sensibilizados para o cumprimento das regras de:

Para além disso, é importante:

  • elaborar e implementar um plano de contingência
  • dar a todos os funcionários informação sobre COVID-19 e o plano de contingência
  • garantir a todos os funcionários equipamento de proteção individual
  • afixar em local acessível as regras preventivas e normas de funcionamento
  • providenciar a colocação de dispensadores de desinfetante
  • alertar os funcionários que não devem frequentar os espaços caso apresentem sinais ou sintomas de COVID-19

Quais as medidas para reduzir o risco de transmissão?

Devem ser seguidas as seguintes medidas:

  • desinfetar as mãos à entrada e saída das instalações e após contacto com superfícies
  • assegurar que é garantido o distanciamento físico mínimo de pelo menos:
    • 2 metros quando não está a realizar nenhuma atividade física
    • 3 metros entre pessoas durante a prática de exercício físico através de:
      • marcação de lugares, por exemplo, no chão
      • organizar de forma diferente os espaços e equipamentos
  • privilegiar o uso de marcações online para treinos e aulas
  • uso obrigatório de máscara para:
    • funcionários, exceto nas sessões de realização de exercício físico
    • utilizadores na entrada e saída das instalações
  • proibir o contacto físico quer entre técnicos, funcionários e praticantes, quer entre os praticantes
  • evitar o uso de equipamentos com superfícies porosas (como alguns tipos de colchões)
  • evitar a concentração de pessoas em espaços não arejados

Como devem funcionar as sessões de treino em grupo?

As aulas de grupo (sala ou piscina) devem:

  • assegurar a redução de participantes
  • garantir o distanciamento de pelo menos 3 metros entre praticantes
  • arejar e promover a ventilação dos espaços de treino
  • assegurar a limpeza dos espaços e equipamentos utilizados entre sessões

Recomenda-se que as grávidas, idosos ou pessoas com doenças crónicas não retomem a sessões de treino em grupo, por pertencerem ao grupo de risco.

E os espaços de treino individualizado?

Nestes espaços é, especialmente, importante manter os equipamentos:

  • distanciados de pelo menos 3 metros entre praticantes
  • posicionados para o mesmo lado, de forma a evitar um “frente a frente”
  • revestidos com película aderente, nomeadamente os equipamentos com superfícies porosas (como pegas)

Quais as regras de utilização das piscinas?

De modo a minimizar o risco de infeções, deve-se cumprir as seguintes medidas:

  • obrigatoriedade de higienização das mãos na entrada do cais da piscina
  • limpeza e desinfeção da piscina realizada com o procedimento habitual, devendo-se substituir a água e proceder à cloragem (ou outro tipo de desinfeção química)
  • garantir que a água é testada regularmente quanto à química correta e desinfeção adequada
  • manter registos atualizados dos resultados e testes de qualidade da água
  • recomendar aos utilizadores o uso de óculos de natação dentro da mesma e área circundante, para evitar tocar com as mãos nos olhos
  • assegurar a limpeza e higienização dos equipamentos utilizados
  • saunas, banhos turcos, solários, hidromassagem/jacuzzi e similares devem permanecer encerrados até indicação contrária

Existem regras para espaços de treino ao ar livre?

As sessões de treino que decorram ao ar livre devem:

  • privilegiar espaços com pouca movimentação de pessoas
  • garantir o distanciamento físico de pelo menos 3 metros entre praticantes
  • garantir a correta limpeza e higienização de equipamentos e materiais entre sessões

Recomenda-se que as grávidas, idosos ou pessoas com doenças crónicas não retomem a sessões de treino em grupo, por pertencerem ao grupo de risco.

Posso utilizar os balneários, sanitários e bebedouros?

A utilização dos balneários e sanitários é permitida quando consideradas as seguintes recomendações:

  • distanciamento físico de 2 metros entre utilizadores
  • limpeza, higienização e desinfeção após cada utilização
  • estabelecer circuitos de circulação num só sentido, evitando o cruzamento dos utilizadores
  • assinalar de forma visível quais os cabides, cacifos e chuveiros/cabines de duche que podem ser utilizados

Não devem ser utilizados bebedouros, optando por dispensadores de água com copo de plástico ou para enchimento da própria garrafa do cliente, sem tocar no bocal do dispensador.

Quando a utilização dos balneários esteja limitada, deve ser permitido o acesso aos cacifos e às instalações sanitárias.

Caso disponham de alternativa, os utilizadores devem evitar a utilização dos balneários e/ou chuveiro/cabines de duche.

Quais os cuidados com a higienização?

Uma vez que o vírus pode sobreviver nas superfícies e objetos, é essencial que seja garantido:

  • limpeza e desinfeção das superfícies
  • tratamento da roupa disponibilizado aos funcionários e utilizadores
  • aumentar a frequência de limpeza e desinfeção várias vezes por dia, utilizando os detergentes adequados
  • limpeza e desinfeção de superfícies laváveis:
    • não porosas, no início do dia, antes e após cada utilização
    • porosas revestidas com película aderente, antes e após cada utilização. A película deve ser descartada ao final do dia

Fonte: Direção-Geral da Saúde (DGS)

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não