Viagens ao estrangeiro

4 minutos de leitura

Quais são as recomendações para os viajantes?

Se vai viajar deve:

  • seguir as recomendações das autoridades de saúde do país para onde viaja
  • evitar contacto próximo de pessoas com infeções respiratórias
  • lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes
  • evitar contacto com animais
  • adotar medidas de etiqueta respiratória:
    • tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir
    • utilizar um lenço de papel ou o braço, nunca com as mãos
    • deitar o lenço de papel no lixo
  • evitar as viagens para as áreas de transmissão comunitárias ativas, devido ao elevado risco de infeção
  • utilização de máscara de proteção nos locais de uso obrigatório

Os Estados-Membros têm atualmente restrições e controlo de fronteiras?

Os Estados-Membros da União Europeia reabriram as fronteiras externas, a partir de 1 de julho de 2020, a 15 países cuja situação epidemiológica da COVID-19 consideram satisfatória.

Quais são esses países?

A lista de países fora da União Europeia aos quais será permitido retomar as viagens não essenciais para a Europa são:

  • Argélia
  • Austrália
  • Canadá
  • Geórgia
  • Japão
  • Montenegro
  • Marrocos
  • Nova Zelândia
  • Ruanda
  • Sérvia
  • Coreia do Sul
  • Tailândia
  • Tunísia
  • Uruguai
  • China (sujeito a confirmação de reciprocidade)

Esta lista é revista a cada duas semanas e poderá ser atualizada. As restrições de viagens, destes países, podem ser levantadas (total ou parcialmente) ou reativadas conforme a sua evolução epidemiológica.

Quais os países que ficaram de fora da lista de reabertura?

Atendendo à situação epidemiológica atual não estão incluídos para retomar as ligações à Europa países como:

  • Estados Unidos
  • Rússia
  • Índia
  • Brasil
  • Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa
  • Timor-Leste

O que são viagens essenciais?

Consideram-se viagens essenciais as destinadas a permitir o trânsito, a entrada ou saída de Portugal de:

  • cidadãos nacionais da União Europeia, nacionais de Estados associados ao Espaço Schengen e membros das respetivas famílias
  • nacionais de países terceiros com residência legal num Estado-Membro da União Europeia
  • nacionais de países terceiros em viagem por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias, e de acordo com o princípio da reciprocidade

Vou poder viajar para o estrangeiro este verão?

Atualmente está autorizado o tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal de todos os voos de e para os países que integram:

  • a União Europeia
  • os países associados ao Espaço Schengen
  • Reino Unido

Contudo, para férias e turismo considere as viagens não essenciais para fora da União Europeia ou de países do espaço Schengen. Aproveite e conheça melhor Portugal. Ao agir assim, protege-se a si e aos outros.

Porque devo ponderar não viajar para o estrangeiro?

As viagens para fora de Portugal devem ser ponderadas devido à situação atual da pandemia no mundo. Se viajar para o estrangeiro, deve estar atendo aos seguintes aspetos:

  1. segurança sanitária: informe-se sobra a situação epidemiológica e a cobertura de cuidados de saúde do país para onde quer viajar
  2. presença consular de Portugal: saiba se existe presença consular portuguesa no país de destino. Portugal possui 133 serviços diplomáticos no mundo, 118 dos quais com serviço consular
  3. regresso a Portugal: confirme se não existem constrangimentos fronteiriços ao seu regresso

Estão desaconselhadas algum tipo de viagens?

Estão desaconselhadas as viagens para destinos fora do espaço europeu, sobretudo para outros destinos sem ligações fáceis e frequentes a Portugal. As deslocações para destinos exóticos e/ou viagens não organizadas também não são aconselhadas.

Quais os cuidados que devo ter se viajar para o estrangeiro?

Se for viajar para o estrangeiro deve:

  1. obter o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença
  2. informar-se sobre acordos de assistência médica que possam existir com os locais de destino
  3. informar-se quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (por exemplo vacinas ou precauções especiais). Preferencialmente, realize uma consulta do viajante
  4. fazer um seguro de viagem que inclua assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação
  5. registar a sua viagem no Registo Viajante e informar algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

Se precisar de ajuda durante a estadia no estrangeiro o que devo fazer?

Em caso de necessidade, os postos consulares de Portugal podem prestar apoio aos viajantes. Esse apoio traduz-se na:

  • emissão de documento de viagem provisório (para situações de extravio de documentação)
  • articulação do contacto com unidades hospitalares, em caso de acidente ou doença e com advogados em caso de detenção

Nos países não pertencentes à União Europeia e onde não exista representação consular portuguesa, pode pedir ajuda junto das Embaixadas e Consulados de outros Estados Membros da União Europeia.

COVID-19: viagens ao estrangeiro

Fonte: Portal das Comunidades

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não