Ir para o conteúdo
Logótipo do Serviço Nacional de Saúde 24
|
Onicomicose (Micose nas unhas)

O que é a onicomicose?

A onicomicose, vulgarmente conhecida como micose nas unhas, é uma infeção das unhas dos pés e das mãos, provocada por fungos. É mais comum nos adultos do que nas crianças.

Quais são os sinais e sintomas da micose nas unhas?

As unhas infetadas podem apresentar um aspeto:

  • mais grosso e áspero
  • tom amarelado
  • pontas frágeis e quebradiças

Por vezes, a micose das unhas provoca:

  • dor crónica
  • dor que aumenta quando se cortam as unhas, com o pé calçado ou com o peso das roupas da cama

Quais são as causas da micose nas unhas?

A micose das unhas é geralmente causada por fungos que vivem no ambiente, e podem ser contraídos a partir de pequenas rachaduras nas unhas ou da pele envolvente, causando infeção.

Esta micose é contagiosa?

Sim. A micose das unhas é transmissível, principalmente entre as várias unhas da própria pessoa.

Existem pessoas com maior probabilidade de contrair esta infeção?

Sim. Existe um risco acrescido de contrair micose em pessoas com:

  • lesões nas unhas ou nos pés
  • diabetes
  • varizes (insuficiência venosa)
  • sistema imunológico enfraquecido
  • história prévia de pé de atleta ou outras infeções fúngicas no corpo

A micose das unhas pode evoluir para outras complicações?

A maior parte das micoses não são graves e os principais problemas são estéticos, pelo aspeto que provoca nas unhas atingidas, e pela dor que pode provocar.

Mais raramente, quando a micose não é bem tratada e, principalmente, em pessoas com as defesas baixas (imunodeprimidas), aumenta o risco de surgimento de pequenas feridas na unha, ou em volta dela e, consequentemente, o risco de infeção por bactérias, nesse local.

É possível prevenir micoses nas unhas?

Existem alguns hábitos de higiene que ajudam a prevenir esta infeção, nomeadamente:

  • manter as mãos e pés limpos e secos
  • assegurar que tem as unhas curtas e limpas
  • não andar descalço em espaços públicos, como vestiários ou chuveiros
  • não partilhar corta-unhas, ou outros objetos de cuidados de unhas de uso individual
  • trocar de meias diariamente, ou sempre que estas ficam suadas. Privilegie as meias de materiais absorventes, como o algodão
  • higienizar o interior dos sapatos

Como é feito o diagnóstico da infeção?

O diagnóstico da onicomicose é feito através da observação da unha e avaliação dos sinais e sintomas da infeção. Adicionalmente, pode ser necessário a observação ao microscópio ou realização de testes laboratoriais para identificação do organismo infetante.

Qual é o tratamento indicado para esta infeção?

O tratamento das infeções fúngicas nas unhas pode ser difícil e prolongado, mas deve ser iniciado assim que detetado. Pode envolver a toma medicamentos ou a aplicação local de produtos com efeito antifúngico.

Em casos mais graves, pode ser necessário remover a unha.

Depois de curadas, as micoses podem reaparecer?

Sim. Após o tratamento, estas infeções podem voltar, principalmente em pessoas com condições de risco, como a diabetes.

O reaparecimento da micose é comum e a resistência desta infeção a antifúngicos tem sido crescente, por isso é importante adotar os hábitos de higiene de prevenção.

Guardar:
Esta informação foi útil?
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Assuntos relacionados