Rastreio e diagnóstico da hepatite B

2 minutos de leitura

Posso ter estado exposto ao vírus da hepatite B. O que devo fazer?

Faça o teste. A única forma de saber se está infetado com o vírus é fazer um teste ao vírus da hepatite B (VHB). Após a infeção pelo vírus, o indivíduo pode ter sintomas. Contudo, a hepatite B não é diagnosticada com base nos sintomas.

O que é um teste ao VHB?

No rastreio da hepatite B, o teste habitualmente utilizado é o de pesquisa do antigénio de superfície do VHB (AgHBs). Este antigénio trata-se de uma proteína da superfície do VHB que surge no sangue entre 1 a 10 semanas após a infeção e antes de se iniciarem os sintomas. Nos indivíduos que recuperam da infeção, este antigénio desaparece após 4 a 6 meses. A sua persistência por mais de 6 meses sugere infeção crónica.

Onde posso fazer o teste?

Faça o teste:

  • no seu centro de saúde, através de um teste rápido ou com uma requisição médica
  • numa organização não-governamental ou organização de base comunitária
  • numa farmácia ou num laboratório de patologia clínica/análises clínicas

O que significa um resultado reativo?

Um resultado reativo com um teste de pesquisa do antigénio de superfície do VHB (AgHBs) significa que pode ter estado exposto ao vírus da hepatite B. Neste caso, deverá ser referenciado para o hospital para que sejam realizados outros testes que confirmem ou não a infeção.

Existem outros tipos de testes ao VHB, nomeadamente o teste de pesquisa de anticorpo de superfície anti-VHB (anti-HBs), uma proteína que ajuda o sistema imunitário a combater o VHB. Um resultado reativo significa a presença do anticorpo, o que sugere imunidade/proteção contra o VHB. Esta proteína existe em indivíduos que recuperam da infeção ou que foram vacinados contra o VHB.

O que significa um resultado não reativo?

Um resultado não reativo ao teste de pesquisa do antigénio de superfície do VHB (AgHBs) significa, em princípio, que não está infetado.

Contudo, se tiver tido um comportamento de risco recente e o teste ter sido realizado imediatamente após esse comportamento de risco poderá beneficiar da profilaxia pós-exposição.

 

Fonte: Direção-Geral da Saúde (DGS)

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não