Ir para o conteúdo
Logótipo do Serviço Nacional de Saúde 24
|
Vírus da hepatite A (VHA)

O que é o vírus da hepatite A?

O Vírus da Hepatite A (VHA) é um vírus que causa inflamação no fígado e que provoca a hepatite A.

O que é a hepatite A?

A hepatite A é uma infeção aguda do fígado, causada pelo VHA.

A hepatite A é contagiosa?

Sim. A infeção é muito contagiosa e, por vezes, pode originar surtos com pessoas infetadas durante várias semanas ou até meses.

Quais são os sintomas da hepatite A?

Os sintomas da hepatite A são:

  • febre
  • mal-estar
  • náuseas
  • vómitos
  • dor abdominal
  • falta de apetite
  • fadiga
  • urina escura
  • fezes esbranquiçadas
  • icterícia (coloração amarelada da pele e dos olhos)

A frequência de sintomas depende, em regra, da idade do doente. A infeção geralmente é assintomática em idades inferiores a 6 anos. Em crianças mais velhas e adultos a infeção provoca, geralmente, doença clínica em mais de 70% dos casos.

Como se transmite o vírus da hepatite A?

O principal modo de transmissão é por via fecal-oral (contacto de fezes com a boca), através da ingestão de alimentos ou água contaminados. Esta via é importante em viajantes para locais com saneamento básico deficitário.

O vírus também pode ser transmitido por contacto pessoa-a-pessoa, nomeadamente através do contacto sexual.

Qual é o período de incubação do vírus?

O período médio de incubação é de 28 dias, variando de 15 a 50 dias.

Qual é o período de contágio do VHA?

O VHA é eliminado nas fezes, em elevadas concentrações, desde 2 a 3 semanas antes até uma semana após o aparecimento dos sintomas.

Como é feito o diagnóstico da hepatite A?

O diagnóstico da hepatite A envolve a história clínica completa do utente, com pesquisa de sintomas e a realização de exames, como análises de sangue com pesquisa de anticorpos para o vírus.

Quais os principais fatores de risco da infeção?

O risco de infeção pelo VHA é maior para:

  • viajantes ou habitantes em locais com condições de saneamento básico deficitárias
  • homens que fazem sexo com homens
  • pessoas:
    • que usam drogas
    • em situação sem abrigo
    • com doença do fígado
    • com VIH

Alguns comportamentos de risco para contrair a infeção por hepatite A são:

  • consumo de alimentos, como:
    • carne malpassada
    • ovos malcozidos
    • legumes crus mal lavados ou malcozidos
    • marisco
    • fruta por lavar
  • não lavar as mãos após a utilização da casa de banho, mudar as fraldas e antes de preparar os alimentos

Como posso prevenir a hepatite A?

A principal forma de prevenir a hepatite A é a vacinação.

Para além disso, são aconselhadas medidas que visem reforçar e complementar a prevenção da hepatite A, relacionadas principalmente com a higiene pessoal, familiar e doméstica e a confeção de alimentos, como por exemplo:

  • lavar e desinfetar as mãos frequentemente
  • beber água potável ou engarrafada
  • cozinhar bem os alimentos, nomeadamente, carne, legumes e ovos
  • lavar e desinfetar bem os alimentos antes de os consumir

Quais são as complicações da hepatite A?

Geralmente a hepatite A não provoca complicações graves ou danos permanentes e as pessoas recuperam completamente.

Existe uma vacina contra o VHA?

Sim. A vacina está disponível, mas não está incluída no Plano Nacional de Vacinação. Informe-se com o seu médico ou ligue para o SNS 24 (808 24 24 24).

Qual é o tratamento para a hepatite A?

Não existe tratamento específico para a hepatite A, por isso, o tratamento é dirigido aos sintomas causados pela infeção. Habitualmente são usados medicamentos para alívio de sintomas e, simultaneamente, recomenda-se a ingestão de muitos líquidos e repouso.

A ingestão de álcool é absolutamente desaconselhada e os fármacos com metabolização hepática ou que possam ser prejudiciais para o fígado devem ser utilizados com precaução.

 

Fonte: Direção-Geral da Saúde (DGS)

Guardar:
Esta informação foi útil?
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Assuntos relacionados