Tipos de tratamento do cancro

2 minutos de leitura

Quais os diferentes tipos de tratamento do cancro?

No tratamento do cancro, são usadas diferentes tipos de terapêuticas que, podem ser divididas em:

A cirurgia e a radioterapia são tratamentos locais e visam remover ou destruir as células do tumor, existentes numa parte específica do corpo.

Da terapêutica sistémica, que como o próprio nome indica atua em todo o organismo, fazem parte diversos tipos de medicamentos que se podem incluir em diferentes grupos. É, normalmente, administrada na corrente sanguínea e tem como finalidade destruir ou desacelerar o crescimento das células cancerígenas, que possam ter metastizado para além do tumor original.

Como é feita a escolha do tratamento?

A escolha do tratamento é feita caso a caso, baseada na experiência da equipa de oncologia, tendo sempre em consideração uma análise real dos riscos e benefícios que cada um implica. No entanto, o tratamento do cancro depende:

  • do tamanho do tumor
  • tipo de tumor
  • localização do tumor
  • idade da pessoa
  • estado de saúde da pessoa
  • se há disseminação para outras partes do corpo (metástases)

Quando são usadas as terapêuticas sistémicas?

As terapêuticas sistémicas podem ser usadas quando:

  • não existe doença sistémica visível (por exemplo complementar a uma cirurgia de remoção de um tumor)
  • em estádios mais avançados da doença (existe doença local que não pode ser removida através de cirurgia)
  • existem outros órgãos envolvidos (metástases)

Quais são os principais efeitos secundários dos tratamentos oncológicos?

Os doentes sujeitos a tratamentos oncológicos podem, ou não, ter efeitos secundários conforme o tipo de tratamento, como por exemplo a quimioterapia.

Os principais são:

Saiba mais sobre os efeitos secundários, consultando a página de cada tratamento específico 

 

Fonte: Sociedade Portuguesa de Oncologia

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não