Radioterapia

2 minutos de leitura

O que é a radioterapia?

A radioterapia é um tipo de tratamento do cancro em que se utiliza radiação para destruir as células cancerígenas. É considerado um tratamento local, visto ser, geralmente, aplicado apenas na região do corpo onde o tumor se encontra. A radiação pode ser aplicada:

  • a partir do exterior do corpo (radioterapia externa), sendo direcionada apenas para o local onde se encontra o tumor
  • através de pequenos implantes que contêm o material radioativo (radioterapia interna ou braquiterapia) aplicados na zona do tumor

Quais os efeitos secundários da radioterapia?

É importante referir que a radioterapia não torna as pessoas radioativas. Tal como a quimioterapia, também pode afetar células saudáveis do organismo, o que, por conseguinte, poderá conduzir ao aparecimento de efeitos adversos como:

  • cansaço
  • inchaços
  • irritação da pele
  • perda de cabelo
  • outros sintomas, dependendo do local onde é aplicada.

Estes efeitos, normalmente, desaparecem com o fim do tratamento.

Quais os efeitos secundários da radioterapia externa a longo prazo?

A radioterapia externa pode ter efeitos adversos a longo prazo, dependendo do local onde a radiação é aplicada tais como:

  • infertilidade (se aplicada sobre ou próximo dos órgãos genitais)
  • problemas cardíacos ou pulmonares (se aplicada no peito)
  • problemas gastrointestinais (se aplicada na barriga)
  • problemas de tiroide e neurológicos (se aplicada no pescoço ou cabeça)
  • pode provocar também osteoporose (diminuição de cálcio nos ossos)

Pessoas que receberam radiação no peito apresentam maior risco de desenvolver cancro da mama e do pulmão.

 

Fonte: Sociedade Portuguesa de Oncologia

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não