Gripe

6 minutos de leitura

O que é?

A gripe é uma doença aguda viral que afeta predominantemente as vias respiratórias. Os vírus da gripe estão em constante alteração e a imunidade provocada pela vacina não é duradoura, pelo que as pessoas se devem vacinar anualmente.

Em que altura do ano surge?

A gripe ocorre, geralmente, entre novembro e março no hemisfério norte e entre abril e setembro no hemisfério sul. Em Portugal, nos anos recentes, tem-se verificado que a maior atividade gripal tem sido notada entre dezembro e fevereiro.

O que é uma epidemia de gripe?

É a ocorrência de casos de gripe em número superior ao que era previsto numa determinada região ou comunidade.

A gripe só existe quando chove e está muito frio?

Não. A gripe existe mesmo durante invernos mais amenos, menos frios e chuvosos.

O que é a síndrome gripal?

O termo síndrome gripal é utilizado para referir o conjunto de sinais e sintomas que permitem caracterizar as manifestações do vírus da gripe no corpo humano.

Como se transmite a gripe?

O vírus da gripe é transmitido através de partículas de saliva de uma pessoa infetada, expulsas sobretudo através da tosse e dos espirros, mas também por contacto direto com partes do corpo ou superfícies contaminadas com o vírus, por exemplo através das mãos.

Qual é o período de incubação?

O período de incubação, isto é, o período entre o momento em que a pessoa é infetada e o aparecimento dos primeiros sintomas, é vulgarmente, de 2 dias, mas pode variar entre 1 e 5 dias.

Qual é o período em que uma pessoa infetada pode contagiar outras?

O período de contágio começa 1 a 2 dias antes do início dos sintomas aparecerem e vai até 7 dias depois. Nas crianças, este período pode ser maior.

Quais são os sinais e os sintomas da gripe?

Nos adultos os sintomas são:

  • mal-estar e cansaço
  • febre alta
  • dores musculares e articulares
  • dores de cabeça
  • tosse seca
  • inflamação dos olhos

Em crianças mais velhas os sintomas são semelhantes aos do adulto.

Nos bebés os sintomas da gripe são:

  • febre
  • sonolência
  • náuseas
  • vómitos
  • diarreia
  • dificuldades respiratórias
  • otites

Nas crianças os sintomas dependem da idade.

O que devo fazer se estiver com gripe?

Em caso de gripe:

  • fique em casa em repouso
  • não se agasalhe demasiado
  • meça a temperatura ao longo do dia
  • se tiver febre pode tomar paracetamol (mesmo as crianças)
  • em situação alguma deve dar ácido acetilsalicílico (aspirina) às crianças
  • se está grávida ou amamenta não tome medicamentos sem falar com o seu médico
  • utilize soro fisiológico para tratar a obstrução nasal
  • não tome antibióticos sem recomendação médica, uma vez que não atuam nas infeções virais, não melhoram os sintomas nem aceleram a cura
  • beba muitos líquidos (água e sumos de fruta)
  • se viver sozinho, especialmente se tiver limitações de mobilidade ou estiver doente, deve pedir a alguém que lhe telefone regularmente para saber como está

A gripe e a constipação são a mesma doença?

Não. Os vírus na origem da gripe e da constipação são diferentes. Ao contrário da gripe, os sintomas/ sinais da constipação são limitados às vias respiratórias superiores:

  • nariz entupido
  • espirros
  • olhos húmidos
  • irritação da garganta
  • dor de cabeça

Na constipação, raramente ocorre febre alta ou dores no corpo. Para além disso, os sintomas e sinais da constipação surgem de forma gradual, enquanto que na gripe o início é súbito.

A gripe é muito grave?

Geralmente a gripe não é uma doença muito grave. Contudo, podem existir complicações.

A gripe é habitualmente uma doença de curta duração (3 a 4 dias), com sintomas de intensidade ligeira ou moderada e evolução benigna, sendo que a recuperação completa demora cerca de 1 a 2 semanas.

Nos grupos de risco – pessoas com doenças crónicas e idosos – a recuperação pode ser mais longa e o risco de problemas e complicações é maior, nomeadamente, pneumonia ou descompensação da doença de base (asma, diabetes, doença cardíaca, pulmonar ou renal).

Como se diagnostica a gripe?

O diagnóstico é essencialmente clínico, através da identificação dos sintomas e sinais.

Como posso evitar a gripe?

A gripe pode ser evitada através da vacinação anual. Também se deve evitar o contacto com pessoas infetadas. Estas são outras medidas de prevenção:

  • proteja-se do frio
  • reduza, na medida do possível, o contacto com outras pessoas
  • lave frequentemente as mãos com água e sabão (caso não seja possível, utilize toalhetes)
  • use lenços de papel de utilização única (deite nos sanitários ou no lixo comum)
  • ao espirrar ou tossir, proteja a boca com um lenço de papel ou com o antebraço (não utilize as mãos)

A vacina contra a gripe funciona?

Sim. A vacinação reduz muito o risco de contrair a infeção. Se for infetada, a pessoa vacinada terá um menor risco de ter complicações.

Quem deve ser vacinado contra a gripe?

As pessoas que devem ser vacinadas contra a gripe são as que têm um maior risco de sofrer complicações, nomeadamente:

  • pessoas com 65 anos ou mais
  • pessoas com doenças crónicas dos pulmões, do coração, dos rins ou do fígado
  • diabetes em tratamento
  • outras doenças que diminuam a resistência às infeções
  • grávidas

Quem não deve ser vacinado contra a gripe?

As pessoas com alergias graves ao ovo ou que tenham tido uma reação alérgica grave a uma dose anterior da vacina contra a gripe.

A vacina pode provocar a gripe?

Não. A vacina contra a gripe não contém vírus vivos, pelo que não podem provocar a doença. O que pode suceder é as pessoas vacinadas poderem contrair outras infeções respiratórias virais e para as quais não há vacina.

A vacina dá proteção a longo prazo?

Não, porque o vírus muda constantemente. Por isso, a vacina é diferente em cada ano.

Quando deve ser feita a vacinação?

A vacinação deve ser feita até ao final do ano, podendo, no entanto, decorrer durante o outono e o inverno.

Onde se compra a vacina?

A vacina pode ser comprada em farmácias, sendo necessária receita médica e beneficiando de uma comparticipação de 37%.

Quem pode fazer a vacina gratuitamente?

A vacina é gratuita nos centros de saúde, sem necessidade de declaração médica para as pessoas que:

  • têm diabetes mellitus
  • realizam terapêutica de substituição renal crónica (diálise)
  • têm trissomia 21
  • foram submetidas a transplante de células precursoras hematopiéticas ou de órgãos sólidos

A vacina é gratuita?

A vacina é gratuita nos centros de saúde, com necessidade de declaração médica, para pessoas:

  • a aguardar transplante de células precursoras hematopoiéticas ou de órgãos sólidos
  • sob tratamento de quimioterapia
  • com fibrose quística
  • com défice de alfa-1 antitripsina sob terapêutica de substituição
  • com patologia do interstício pulmonar sob terapêutica imunossupressora
  • com doença crónica com comprometimento da função respiratória, da eliminação de secreções ou com risco aumentado de aspiração de secreções
  • com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC)
  • profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)
  • bombeiros com atividade assistencial
  • residentes em instituições ou pessoas internadas em unidades do SNS
  • guardas prisionais e reclusos

Como se deve guardar a vacina da gripe?

A vacina deve ser administrada o mais rápido possível. Caso leve a vacina para casa para administração posterior, a mesma deve ser conservada dentro da embalagem no frigorífico, entre 2 e 8º C.

Acho que tenho gripe. O que devo fazer?

Utilize o Avaliar Sintomas – Síndrome Gripal.

Se tiver dúvidas ligue 808 24 24 24.

Se preferir contacte o seu médico.

Fonte: DGS (adaptado)

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não