Vírus da imunodeficiência humana (VIH)

2 minutos de leitura

O que é o vírus da imunodeficiência humana (VIH)?

O VIH é uma doença transmissível, provocada pelo vírus da imunodeficiência humana que causa a SIDA. O vírus ataca e destrói o sistema imunitário do nosso organismo, isto é, destrói os mecanismos de defesa que nos protegem de doenças.

Existem 2 tipos de VIH: o VIH-1 e VIH-2, sendo o primeiro o mais frequente em todo o mundo.

O que é a SIDA?

SIDA significa Síndrome de imunodeficiência adquirida. É um conjunto de sinais e de sintomas que aparecem pela deficiência do sistema imunitário, que vai ficando com menos capacidade de resposta ao longo da evolução da doença. Surge após a infeção por VIH.

Importa realçar que estar infetado com VIH não é o mesmo que ter SIDA. As pessoas que estão infetadas com VIH são “seropositivas”, e podem ou não desenvolver SIDA.

Quais são os sintomas?

Inicialmente a pessoa infetada com VIH não tem sintomatologia. Após contrair a infeção podem existir sintomas semelhantes à gripe:

  • Febre;
  • Dores de cabeça;
  • Cansaço;
  • Gânglios inflamados no pescoço e virilhas.

Posteriormente, os sintomas tornam-se mais graves, tais como:

  • Perda rápida de peso;
  • Infeções graves;
  • Pneumonia;
  • Diarreia prolongada;
  • Lesões na boca, ânus ou genitais;
  • Perda de memória;
  • Depressão;
  • Outros distúrbios neurológicos.

Como é transmitido?

O VIH pode ser transmitido através de:

  • Relações sexuais desprotegidas (não utilização de preservativo) com pessoas infetadas por VIH. As práticas sexuais com uma pessoa com VIH acarretam risco de transmissão, no entanto:
    • O sexo anal desprotegido tem maior risco do que o sexo vaginal desprotegido;
    • No sexo anal desprotegido entre homens, existe maior risco para o a pessoa recetiva;
    • O sexo oral desprotegido pode também constituir risco de transmissão do VIH, mas o risco é menor do que na penetração anal ou vaginal;
    • Múltiplos parceiros sexuais ou a existência de outras doenças sexualmente transmissíveis podem aumentar o risco de infeção durante o ato sexual;
  • Partilha agulhas, seringas ou outro equipamento utilizado na preparação de drogas ilícitas para injeção;
  • Transmissão de mãe para filho: o VIH pode ser transmitido durante a gravidez, parto ou através do leite materno.
  • Hemo-transfusão ou transplante de órgãos.

O VIH não se transmite através de:

  • Aperto de mão, abraços e beijos;
  • Suor ou saliva;
  • Partilha de pratos, talheres ou copos;
  • Roupa;
  • Tosse ou espirros;
  • Conversa ou contactos sociais;
  • Picada de insetos;
  • Uso de casas de banho.

Testemunho do Dr. Masoud Dara sobre o VIH/SIDA:

 

Fonte: DGS (adaptado)

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não