Eletrocardiograma com prova de esforço

2 minutos de leitura

O que é um eletrocardiograma com prova de esforço?

O eletrocardiograma (ECG) com prova de esforço, também conhecido apenas por prova de esforço, é um exame de diagnóstico não invasivo que permite avaliar o sistema cardiovascular em esforço. Ou seja, consiste num registo contínuo do eletrocardiograma acompanhado de várias medições da pressão arterial durante um esforço definido por um médico.

Como é realizado?

O exame é realizado com a aplicação de elétrodos no seu tórax que, posteriormente, são ligados ao registador através de fios. Ao mesmo tempo é-lhe colocada uma braçadeira para medição da pressão arterial.

Seguidamente, o doente passa a estar em esforço através de uma passadeira rolante (ou menos frequentemente numa bicicleta estática), que progressivamente terá a sua velocidade e inclinação aumentadas, segundo um protocolo programado, enquanto é acompanhada do registo do eletrocardiograma e da pressão arterial.

O exame será suspenso quando os objetivos pretendidos forem atingidos ou se surgirem alterações ou sintomas que determinem a sua interrupção.

Qual a utilidade do eletrocardiograma com prova de esforço?

O eletrocardiograma com prova de esforço permite submeter o coração a esforço de maneira a evidenciar sinais ou sintomas não existentes, ou minimamente existentes, em repouso. Isso acontece à medida que o esforço aumenta com o exercício e o corpo vai precisando de mais oxigénio, pelo que o coração terá de bombear mais sangue.
Assim, este exame pode mostrar:

  • se o suprimento do sangue é reduzido, como acontece, por exemplo, quando existe doença das artérias que suprimem o coração (doença coronária)
  • a capacidade funcional de cada indivíduo
  • o nível de exercício que é seguro e apropriado para cada um
  • a eficácia de procedimentos realizados previamente para melhorar a circulação das artérias coronárias

Em certo tipo de arritmias, o seu médico pode também requisitar este exame para perceber o comportamento do seu ritmo cardíaco durante o esforço.

Dependendo dos resultados deste teste, o seu médico poderá recomendar outros exames para melhor esclarecimento acerca do diagnóstico de doença coronária ou de arritmia.

Quais são os riscos associados à sua realização?

Este exame é geralmente considerado seguro, especialmente porque é realizado num ambiente controlado sob supervisão de um profissional treinado. O risco na realização do mesmo é comparável ao de qualquer esforço mais vigoroso.
Raramente pode ocorrer:

  • dor torácica
  • desmaio
  • enfarte agudo do miocárdio
  • arritmia cardíaca (batimento irregular)

Fonte: Sociedade Portuguesa de Cardiologia

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não