Calor

4 minutos de leitura

Que efeitos tem o calor na saúde?

A exposição a períodos de calor intenso constitui uma agressão para o organismo, podendo conduzir à desidratação, agravamento de doenças crónicas ou outras situações muito graves, que podem provocar danos irreversíveis na saúde.

A reação de cada pessoa à temperatura e os seus efeitos na saúde podem ser diferentes. Deve ainda considerar-se a existência de diferenças em função da localização geográfica, devendo-se seguir as recomendações dos profissionais de saúde.

Como posso prevenir a exposição excessiva ao calor?

Deve manter-se hidratado, protegido do calor e manter a casa fresca. Esteja atento e proteja-se se tiver algum problema de saúde. Mantenha-se em contacto com familiares e amigos e esteja atento aos outros.

Nos dias de muito calor, o que devo fazer?

  • Mantenha-se informado, esteja atento aos meios de comunicação social e, caso seja necessário, procure o seu médico ou utilize o SNS24 – 808 24 24 24. Em caso de emergência ligue 112;
  • Identifique precocemente os sinais/sintomas de desidratação devido ao golpe de calor:
    • Febre alta;
    • Pele vermelha, quente, seca e sem produção de suor;
    • Pulso rápido e forte;
    • Dores de cabeça;
    • Náuseas;
    • Tonturas;
    • Confusão e perda parcial ou total de consciência;
    • Cãibras por calor.
  • Preocupe-se com os outros e peça que se preocupem consigo. Tenha atenção aos doentes crónicos, crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida;
  • Se trabalhar ou tiver alguma atividade no exterior, faça-o acompanhado. Em situações de calor extremo poderá ficar confuso ou perder a consciência;
  • Não deixe crianças e animais de estimação no carro estacionado, visto que também podem desenvolver doenças relacionadas com o calor;
  • Sempre que necessário procure locais climatizados.

Como me devo hidratar?

  • Mesmo que não tenha sede, beba água ou sumos de fruta natural sem açúcar;
  • Evite bebidas alcoólicas e bebidas com muito açúcar;
  • Faça refeições frias, leves e coma mais vezes ao dia. Evite refeições muito quentes e muito condimentadas.

Quais os cuidados para ficar mais fresco?

  • Use roupa leves, claras e soltas. Não se esqueça do chapéu e dos óculos de sol com proteção contra a radiação UVA e UVB;
  • Evite que a sua casa aqueça demasiado. Nas horas de mais calor, corra as persianas ou portadas;
  • Evite a exposição direta ao sol, especialmente entre as 11 e as 17 horas;
  • Evite atividades físicas no exterior, principalmente nos horários mais quentes;
  • Em espaços interiores, procure frequentemente locais frescos e arejados;
  • No período de mais calor tomar um duche de água tépida. Evite, no entanto, mudanças bruscas de temperatura;
  • Procure locais à sombra e frescos ou utilize, se possível, ar condicionado;
  • Utilize protetor solar com índice de proteção igual ou superior a 30, renovando de 2 a 2 horas, quando exposto ao sol;
  • Não fique em viaturas expostas ao sol se viajar;
  • Levar água suficiente para a viagem.

Quais os cuidados a ter com bebés?

Bebés e crianças pequenas são especialmente sensíveis aos efeitos do calor intenso e dependem dos adultos para se manterem seguros. Proteja-os do calor intenso.

  • Vista as crianças com roupas leves, soltas e de cor clara;
  • Não se esqueça do chapéu quando estiver ao ar livre;
  • Dê água com mais frequência e certifique-se que bebe mais água do que o habitual;
  • Evite a exposição direta ao sol, especialmente entre as 11 e as 17 horas;
  • Aplique protetor solar antes de sair de casa;
  • Nunca deixe o seu bebé/criança dentro de um carro estacionado ou outro local exposto ao sol, mesmo que por pouco tempo;
  • Contacte o SNS24 ou procure assistência médica imediatamente sempre que identifique sinais de alerta como:
    • Suores intensos;
    • Fraqueza;
    • Pele fria, pegajosa e pálida;
    • Pulsação acelerada ou fraca;
    • Vómitos ou náuseas;
    • Desmaio.

Quais os cuidados se tiver 65 ou mais anos?

  • Beba água, mesmo quando não tem sede;
  • Permaneça em ambientes frescos ou com ar condicionado;
  • Evite a exposição direta ao sol;
  • Use roupas leves, soltas e de cor claras;
  • Utilize chapéu e protetor solar;
  • Use menos roupa na cama, em especial para pessoas com fraca mobilidade ou acamadas;
  • Tenha alguém atento e disponível (familiar, amigo, vizinho);
  • Se tiver algum sinal ou sintoma associados ao calor, contactar o SNS24 ou procurar cuidados médicos de imediato;
  • Evite a exposição dos medicamentos a temperaturas elevadas.

Quais os cuidados se tiver doença crónica?

Salvo indicação médica:

  • Beba água, mesmo não sentindo sede;
  • Permaneça em ambientes frescos ou com ar condicionado;
  • Evite a exposição direta ao sol;
  • Use roupas leves, soltas e de cor clara;
  • Utilize chapéu e protetor solar;
  • Use menos roupa na cama, em especial para pessoas com fraca mobilidade ou acamadas;
  • Tenha alguém atento e disponível (familiar, amigo, vizinho);
  • Se tiver algum sinal ou sintoma associados ao calor, contacte o SNS24 ou procure cuidados médicos de imediato;
  • Evite a exposição de medicamentos a temperaturas elevadas.

Quais os cuidados a ter com atividades no exterior?

  • Beba água frequentemente;
  • Evite consumir líquidos com muito açúcar e bebidas alcoólicas;
  • Use equipamento leve e protetor solar desde que seja possível e seguro;
  • Nas pausas aproveite para arrefecer, se possível em locais com ar condicionado;
  • Tente desenvolver a sua atividade com outros colegas por perto;
  • Contacte o SNS24 ou procure apoio médico de imediato se algum dos seus colegas se sentir mal.

Quais os cuidados a ter com pessoas isoladas?

Deve contactar ou ser contactado, de forma periódica (pelo menos 2 vezes ao dia), para saber o estado de saúde.

Informe-se sobre as condições climatéricas e locais climatizados.

Fonte: DGS (adaptado)

Ver temas relacionados

Feedback Sim

Feedback Não